Rodovia BR 465, Km 7 - ICHS, UFRRJ, Seropédica

O mercado de games no Brasil impulsionado pelos e-Sports

Já parou para pensar que jogar jogos virtuais se tornou uma opção profissional? O que para muitos é entretenimento, para outros é uma fonte de renda e temos visto isso no mercado de games no Brasil.

Durante a pandemia, foi expressivo o aumento do desemprego e a queda de diversos ramos da indústria. Entretanto, o mercado de games foge dessas estatísticas, apresentando um aumento no faturamento mundial.

De acordo com o levantamento realizado pelo banco Drake Star Partners, o primeiro semestre de 2021 quase duplicou o valor arrecadado em 2020, com uma soma de $60 bilhões de dólares para a indústria de games.

Foram diversos os negócios envolvendo as áreas de PC e consoles, de mobile, de eSports, de harwares e das plataformas.

Os esportes eletrônicos e a atuação profissional

Para exemplificar a dinâmica dos ganhos por trás dos jogos, é necessário apresentar a principal fonte de renda dos gamers brasileiros, os Esportes Eletrônicos ou eSports, que é uma modalidade que vem atraindo a atenção de muitos jovens em todo o mundo.

Bem como, as competições criadas em torno desses jogos eletrônicos fazem com que os jogadores atuem como atletas profissionais e tem sua renda ligada diretamente a esses torneios.

Assim, os competidores recebem pela competição, através de salário, auxílio de custo e/ou premiação.

O campo dos melhores salários é dominado por jogadores de Counter-Strike (CS:GO), Rainbow Six Siege, Dota 2, League of Legends (LOL) e Fortnite, de acordo com o site EsportsEarnings.

Dentre os atletas, destaca-se o brasileiro FalleN, com mais de R$5,8 milhões faturados em premiações. É necessário ressaltar que muitos destes profissionais começaram suas carreiras dentro de suas próprias casas, transmitindo suas partidas em live e criando uma grande proximidade com seus fãs, antes mesmo de enxergar aquele entretenimento como profissão.

Existem atualmente muitos jogadores, equipes e organizações que competem em diferentes modalidades de jogos digitais.

A audiência é enorme, os torneios são assistidos através de diversas plataformas de streaming, como por exemplo a Twitch.

No Brasil, a Loud é a organização de eSports mais seguida nas redes sociais com uma soma maior que 25,7 milhões de seguidores, seguido pelos Los Grandes, com uma soma maior de 8,6 milhões.

De acordo com esse cenário, muitas empresas buscam cada vez mais se inserir e se aproveitar da popularidade e da enorme movimentação de dinheiro nesse mercado.

Além do mais, o público alvo tendo a faixa etária de 16 e 34 anos, torna-se ideal para diversas marcas.

Mercado de games no Brasil é impulsionado pelos e-Sports. Foto de um controle de videogame num fundo preto
Mercado de games no Brasil é impulsionado pelos e-Sports. Foto: Fabian Albert/Unsplash

O mercado de games no Brasil

Segundo os analistas da NewZoo, em uma pesquisa de 2020, o Brasil é líder de lucratividade no mercado de games da América Latina, sendo o décimo terceiro colocado no ranking mundial e o terceiro país do mundo em consumo de jogos eletrônicos, perdendo apenas para a China e os Estados Unidos. T

odo esse cenário em um país com uma situação econômica não tão favorável para os gamers.

O mercado brasileiro de eSports ainda tem muito a se desenvolver. Quando comparado com os mercados internacionais, as equipes sofrem com a falta de estrutura e investimento interno.

Por conta disso, alguns dos atletas que mais se destacaram no Brasil, buscaram a estrutura de outros países. Como exemplo, temos o caso da equipe Luminosity, que teve seu técnico e profissionais adquiridos pela Sk Gaming.

Logo, estes passaram seu Gaming Office, o que seria um escritório, voltado para treinos e sessões de análise baseado no desempenho do atleta e da equipe, para os Estados Unidos.

Como resposta a esse contexto, a Confederação Brasileira de eSports – CBeS, procurou oferecer programas e projetos, a fim de desenvolver e potencializar os atletas brasileiros a um nível de performance comparável a atletas internacionais.

Um exemplo desses programas é o curso de eSports para alunos universitários, em parceria com a Universidade Anhembi Morumbi.

O mercado de eSports cresce constantemente, mas de forma ainda desorganizada ou focada em determinados games. Nesse mundo virtual, cada game e cada modalidade é um produto.

Portanto, é normal que cada desenvolvedora faça investimentos focados em suas próprias propriedades de produtos.

Porém, apesar de ser uma lógica compreensível, o funcionamento dado dessa forma, retrai o desenvolvimento dos eSports no Brasil.

Por conta disso, foi criado um órgão, a CBeS, que está no centro lidando com as dores que o mercado expressa para seu crescimento.

O esporte eletrônico é reconhecido como esporte no Brasil?

Apesar de todo o crescimento do mercado de games, o esporte eletrônico ainda precisa ser reconhecido como esporte pelo Ministério do Esporte.

Já existem projetos de lei em andamento no Congresso que buscam obter a definição sobre a identificação dos jogadores como atletas e o reconhecimento dos eSports no cenário desportivo nacional.

Alcançar o reconhecimento oficial do esporte eletrônico como esporte, sendo importante dentro do pensamento macro, estrutural e de apoio ao desenvolvimento de atletas. Entretanto, a atual dinâmica do cenário brasileiro os reconhece como efetiva modalidade esportiva.

Sobre a XPORT Jr.

Após essa visão geral sobre a performance no mercado de games no Brasil, mostramos que somos uma empresa atenta em torno dos mais diversos assuntos, desde os mercados internacionais, até os principais produtos protagonistas em crescimento, nesses mercados.

Nós da XPORT Jr. Consultoria e Suporte Internacional, trabalhamos com a internacionalização de empresas brasileiras, dos mais diversos segmentos. L

Logo, procuramos estar à frente e sempre bem informados do alcance dos diferentes segmentos comerciais e da situação das economias, no mundo.

Caso possua interesse, estamos disponíveis para tirar qualquer dúvida. Para saber mais sobre nossos serviços, fale conosco!

Compartilhe essa publicação:

Últimas publicações

Comentários

Iniciar conversa
Olá! 👋

Gostaria de realizar um orçamento sem compromisso?